jusbrasil.com.br
30 de Março de 2017
    Adicione tópicos

    Taques se reúne com ministros para discutir dívida, VLT e segurança pública

    O governador Pedro Taques cumpre agenda em Brasília, a partir da noite desta terça-feira (28.06), quando se reunirá com o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha. Na quarta-feira (29.06), os encontros serão realizados na Secretaria do Tesouro Nacional, e também nos Ministérios da Fazenda, Defesa e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

    A reunião com Padilha terá como pauta central a continuidade das obras do Veículo Leve sobre Trilhos e a possibilidade de mais recursos para o modal. Atualmente, o Governo tem R$ 400 milhões disponíveis para conclusão da obra. Além disso, durante o encontro também será discutida a possibilidade de uma renegociação distinta para as dívidas dos 12 estados que foram sedes da Copa do Mundo em 2014.

    "Hoje, 40% da dívida de Mato Grosso são referentes às obras da Copa do Mundo. A proposta que vamos apresentar será dos estados terem carência de 18 a 24 meses para realização dos pagamentos. Também vamos solicitar a criação de um grupo de trabalho entre a Casa Civil e Cidades para análise da possibilidade de mais recursos para conclusão do VLT", pontuou o governador.

    Em relação às demais reuniões, Taques destacou que junto ao Ministério da Defesa, sob responsabilidade do ministro Raul Jungmann, serão discutidas as ações relacionadas à segurança na fronteira de Mato Grosso, como também sobre o 44º Batalhão de Infantaria Motorizado.

    Na Secretaria do Tesouro Nacional, Taques discutirá na quarta-feira (29.06) sobre a possibilidade de novas operações de crédito para o Estado. Nos Ministérios da Agricultura, Pecuária e Abastecimento o governador se reúnirá com os ministros Blairo Maggi, e no da Fazenda com Henrique Meirelles.
    Disponível em: http://sefaz-mt.jusbrasil.com.br/noticias/361872416/taques-se-reune-com-ministros-para-discutir-divida-vlt-e-seguranca-publica

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)