jusbrasil.com.br
23 de Maio de 2017
    Adicione tópicos

    Taques pede fortalecimento de parcerias com iniciativa privada

    O governador Pedro Taques e os secretários Marcelo Duarte (Infraestrutura e Logística) e Adriana Vandoni (Transparência e Combate à Corrupção) pediram ao secretário-executivo do Programa de Parcerias de Investimento (PPI), Wellington Moreira Franco, atenção especial para investimentos estratégicos na logística em Mato Grosso. Investimentos em aeroportos, ferrovias e rodovias entraram na pauta.

    Na reunião, Taques destacou que o projeto do Governo Federal de parcerias com a iniciativa privada pode render até R$ 8 bilhões em investimentos em Mato Grosso. Para o chefe do Executivo, os recursos que serão aplicados para melhorar a logística virão em um bom momento e na área que trava o desenvolvimento do estado.

    ¿Apresentamos ao secretário executivo Moreira Franco o que significa as concessões para Mato Grosso. Também falamos um pouco sobre a concessão do aeroporto Marechal Rondon e mais quatro aeroportos. Apresentamos ainda à União o nosso plano estadual de concessões. Esses investimentos vão somar R$ 8 bilhões e são de grande importância para a melhoria da infraestrutura logística¿, destacou.

    O secretário Moreira Franco sinalizou que o governo federal quer fomentar parcerias e concessões de maneira mais intensa, como maneira de desenvolvimento do país.

    Um dos pontos tocados no encontro foi a concessão da Ferronorte, sob o comando da Rumo Logística (antiga ALL). O secretário Marcelo Duarte afirma que um ajuste nessa concessão pode garantir um grande volume de investimentos em curto prazo, o que ficou de ser analisado pelo governo federal.

    Marcelo também ressaltou a preocupação do Governo de Mato Grosso com os trechos da BR-163 que estão sob concessão da Rota do Oeste, empresa que se beneficiou num primeiro momento de empréstimos do BNDES, mas que existe uma demora na liberação de novas parcelas.

    Quanto aos aeroportos, Marcelo afirmou que o Governo de Mato Grosso pediu a inclusão dos aeroportos de Sinop, Alta Floresta, Rondonópolis e Barra do Garças no programa de concessão. O Governo Federal já havia anunciado a concessão do aeroporto internacional Marechal Rondon, de Várzea Grande.

    ¿Também mostramos o nosso plano estadual de concessão de rodovias e pedimos ao Governo Federal apoio dos técnicos do PPI para o aprimoramento do nosso programa. Queremos estar alinhados com essa política nacional por entendermos que somente assim conseguiremos crédito para quem vier investir em Mato Grosso¿, afirmou Marcelo.

    O secretário lembra a atual crise do país e destaca que os investimentos privados aliados ao serviço público são a solução para superar as dificuldades. Marcelo afirma ainda que Moreira Franco elogiou a iniciativa do Estado de procurar alinhamento com o PPI antes mesmo do lançamento oficial do programa.

    Disponível em: http://sefaz-mt.jusbrasil.com.br/noticias/367381881/taques-pede-fortalecimento-de-parcerias-com-iniciativa-privada

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)